Um Tour pela Casa de Benjamin Franklin em Londres

O personagem principal do post de hoje é um dos pais fundadores da nação norte-americana, signatário da sua Declaração de Independência e da sua Constituição, inventor, escritor, filósofo, tipógrafo e dono de jornal. Um verdadeiro multitarefas, que morou em Londres por um longo período de tempo. Mas chamar Benjamin Franklin apenas de multitarefas é deveras simplório para sua capacidade de se aventurar e ser bem-sucedido em várias atribuições. E uma destas o levou a Londres no ano de 1757 – aos 45 anos e aposentado – e não foi empinar pipa na chuva. Franklin foi chamado pela assembleia da Pennsylvânia como emissário para negociar o direito ao recebimento de impostos sobre as terras que eram pertencentes a uma família da nobreza inglesa, a Família Penn.

Só mais uma casa na Rua Craven.

A primeira coisa que se nota quando se olha para o exterior da casa da Rua Craven, 36 é que, excetuando-se as decorações pelas festividades de 4 de Julho e a placa indicativa do hoje museu Benjamin Franklin House, nada se vê de especial, sendo inclusive bastante semelhante ao restante das casas do local. Já quando se olha para a casa do lado de dentro e quão bem preservadas e/ou reconstruídas estão paredes, tetos, escadas, pisos e lareiras se vê esforço da equipe de historiadores e museólogos em preservar o que é mais importante no local, o fato da casa estar de pé e ser a única em que Benjamin Franklin morou ainda existente. A computação gráfica e as artes cênicas te ajudarão a se aproximar ainda mais do cotidiano dentro da casa da era Georgiana e ver como Benjamin Franklin e sua senhoria, a Sra Margaret Stevenson, proprietária da casa, recebiam convidados da sociedade londrina para longas conversas, festas e jantares. O museu é um convite para o cotidiano da segunda metade do século XVIII em uma Londres à beira da Revolução Industrial. 

Sala de Estar da Sra. Stevenson era um local frequentado por convidados de Benjamin Franklin.
Réplica de lentes bifocais (invenção de Franklin). Artefatos originais não são o ponto forte do museu.

Essencial ir sem expectativa de encontrar itens utilizados por Franklin, pois há muitos poucos artefatos ou objetos originais no local. Trata-se de um museu muito recente – do final do século XX e que compete com os EUA, que têm Benjamin Franklin como um de seus grandes heróis. Não faltam, no entanto, histórias e curiosidades sobre a marcante passagem de Benjamin Franklin por Londres contadas de maneira bem lúdica por um diálogo entre Ben Franklin e os personagens da época em caixas de som e uma atriz que representa a filha da Sra. Stevenson. Destacam-se também as ossadas de humanos encontradas em 1997 e são indícios dos estudos anatômicos conduzidos pelo genro da Sra Stevenson na época, Sr. William Huwson. É especulado que o próprio Franklin sabia e encorajava Huwson a realizar os estudos em defuntos de criminosos enforcados.

Benjamin Franklin aprovava os estudos subterrâneos de anatomia conduzidos na casa.

Importante também saber que o tour é feito unicamente em inglês, portanto vá de ouvido preparado e se prepare para arranhar durante as suas perguntas. O museu abre às sextas, sábados e domingos e a entrada é gratuita para crianças até 12 anos, enquanto os demais pagam £ 9,50, o equivalente a R$ 60. É um belo passeio para a família que quer fugir dos roteiros óbvios e despertar a curiosidade nos pequenos sobre um personagem tão fascinante. A Rua Craven fica bem próxima a Trafalgar Square, sendo um excelente complemento de passeio para um fim de semana após uma visita gratuita na National Gallery.

As informações acima, incluindo equivalência de câmbio em real, são referentes ao verão de 2022, portanto é desejável conferir se ainda valem na altura da leitura do texto. Isso pode ser feito no site do museu: benjaminfranklinhouse.org

Mariana & Gabriel


Um comentário sobre “Um Tour pela Casa de Benjamin Franklin em Londres

Deixe sugestões e/ou comentários :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s