Dois dias de roteiro a pé pelo bairro de Hampstead em Londres

Por Mariana Piana (do Sul)

Recentemente, uma amiga mudou para Londres e há 1 semana se estabeleceu na sua casinha nova em West Hampstead. Portanto, esse post vai especialmente para Katia, Ricardo e Gabriel os novos londrinos da parada e que estão começando a desbravar a cidade ~ e a vacina que os aguarde 🙂

Neste post vou fazer um tour a pé pelo lindíssimo, incrível, charmoso bairro de Hampstead (#donorteaosul do bairro). O tour inclui muitos locais, portanto é indicado ser dividido em dois dias e por isso irei dividir o post em PARTE I e PARTE II. Alguns lugares são bastante conhecidos e outros poucos divulgados, cito aqui pois são minhas maiores vontades nas viagens – conhecer o pouco desbravado e valorizado pelos locais.

Hampstead é a vila secreta de Londres. No alto de uma colina fora do centro da cidade, o bairro é cheio de ruelas estreitas e degraus escondidos. Tambem é conhecida por sua grande herança literária e artística como Robert Louis Stevenson, John Keats e atualmente Harry Styles chama esta área de lar. Se quiser fazer um “esquenta” e conhecer o bairro antes de ir, indico o Filme “Hampstead, nunca é tarde para amar”, inspirado em uma história verídica.

O bairro não é tão turístico, mas garanto que um passeio por lá irá render belas fotos e muitos sorrisos. A arquitetura, as ruelas, as escadarias, os jardins exuberantes, os pubs locais e as histórias seculares fazem do bairro um dos meus passeios preferidos pela capital inglesa. Prepare o tênis, a máquina, a água e a mochila e bora bater perna? Ah e atenção aos horários de funcionamento dos locais, devido ao COVID19 muitos alteraram seus horários, portante verifique sempre nos sites oficiais.

PARTE I – Para um dia de sol, com direito A CAMINHADA NO parque , piquenique E MERGULHO.

Iniciaremos o tour Parte I na estação de trem chamada Hampstead Heath.

  1. Vamos começar por Hampstead Heath Station: Hampstead Heath é o maior espaço aberto público de Londres, ocupando uma colina ao norte da cidade. É um espaço próspero amado pelos londrinos, abrangendo lagoas para banho, piscinas publicas (LIDO), reservas naturais, jardins paisagísticos, bosques, playgrounds, instalações esportivas e patrimônio inglês. Hampstead Heath tem mais de 25 lagoas. A maioria deles está em dois locais: Highgate Ponds, que inclui os lagos de banho masculinos e femininos e um modelo de lagoa com barcos, e Hampstead Ponds, que apresenta uma instalação de banho mista

2. World Peace Garden: Esse é um dos lugares pouco conhecidos do bairro mas que acho muito legal. O Jardim da Paz Mundial, é um projeto comunitário e de caridade para promover a paz, desafiando a maneira usual como olhamos o mundo na forma de um jardim incomum contendo mensagens inspiradoras. Era um espaço abandonado que a comunidade aos poucos vai transformando em um oásis. O objetivo do jardim é que ele seja um entre muitos, com todos os lucros indo para sua manutenção e para semear projetos semelhantes em outras cidades ao redor do mundo. Você inclusive pode doar dinheiro, doar plantas e se voluntariar para manter o local. Endereço: 6 South Hill Park, Hampstead

World Peace Garden – photo by http://worldpeacegardencamden.org/garden/

3. South End Green Public Loos: É outro lugar não turístico mas curioso. Quando se trata de banheiros públicos históricos, os banheitos de South End Green são alguns dos melhores exemplos da era Vitoriana em Londres. Como a maioria das coisas daquela época, são feitos em estilo fabulosamente exagerado, completo com arabescos de ferro forjado e piso de cerâmica xadrez (meu sonho ter em casa, acho lindíssimo rs). Se estiver com vontade de usar um LOO (banheiro em inglês britânico) pode ser uma boa opção. Ah, e bem pertinho tem um mini mercado Marks ans Spencer, quem sabe, antes de ir ao parque você compra uns sanduichinhos e vinho, que tal? Ah, e se quiser ler mais sobre piqueniques em Londres, segue link com maiores informações e regras. Endereço: 1 Constantine Rd, Hampstead.

Aliás você sabia que na Inglaterra existem diversos banheiros publicos ? Você pode naquela hora de apuro olhar neste site qual o mais próximo de você e poderá quem sabe curtir um tour de banheiros por Londres, aqui SÓ EM LONDON MESMO!!! 😛

South End Green Public Loos: photo by https://www.hampsteadandkilburn.org/

4. Pond Street X South End Road – Nesta esquina ficava a Livraria Booklover’s Corner – Acima do predio está uma placa comemorando o tempo que George Orwell esteve por aqui, dizendo: “GEORGE ORWELL: ESCRITOR – 1903-1950: Viveu e trabalhou em uma libraria neste local entre 1934-1935”. Nos primeiros seis meses em Hampstead, Orwell viveu sem pagar aluguel com os proprietários em um apartamento acima da livraria. Em 1936, enquanto a experiência por lá ainda estava fresca em sua mente, ele escreveu um ensaio descrevendo como era trabalhar no “Booklovers ‘Corner”. Ele a chamou, apropriadamente, de Memórias da Livraria. Hoje em dia não tem mais livraria no local e geralmentesão ocupadas por padarias como a Gail’s.

5. Keats House: Esta elegante casa da Regência é a antiga residência do grande poeta britânico John Keats (1795-1821). O pequeno mas fascinante museu conta a história do poeta romântico que encontrou amor e inspiração durante sua curta vida nesta residência de Hampstead. Keats House fica na ponta sul de Heath, sobre a estrada da estação subterrânea de Hampstead Heath. Entre e explore cartas, poemas e manuscritos originais escritos por Keats. Às vezes, o museu abriga eventos especiais. End: 10, Keats Grove. Veja mais aqui

“Beleza é verdade, verdade é beleza – isto é tudo o que conheceis sobre a Terra, e é tudo o que precisais conhecer.”

John Keats
Keats House – Photo by https://keatsfoundation.com/

6. 1b, Downshire Hill – Nesta casa vivei Jim Henson, o criador dos Muppets, desenho do personagem principal, o sapo CACO. Inclusive você poderá ver um banco em Parliament hill em homenagem a Don Sahlin e Jim Henson – os criadores do desenho (é normal em Londres encontrar bancos públicos com nomes de pessoas no encosto. São homenagens que familiares e amigos fazem aos falecidos – pagando claro).

7. 2, Willow Road a casa de Erno Goldfinger: Essa casa modernista é um dos ícones do bairro de Hampstead. Foi construída no fim da década de 1930 pelo arquiteto nascido em Budapeste Erno Goldfinger para sua esposa Ursula Goldfinger e família viverem. Apesar de hoje em dia parecer uma residência ‘normal’, a construção revolucionou a arquitetura típica das casas de Hampstead na época. Erno viveu na casa ate a sua morte em setembro de 1987. Adquirida pelo National Trust em 1993, a casa está aberta para exibição ao público desde 1996 através de passeios guiados. Todo o interior da casa está preservado como Erno e sua família deixaram (exatamente tudo no lugar que deixaram). A família era colecionadora de arte e possuíam telas e esculturas de diversos artistas contemporâneos como Barbara Hepworth, Henry Moore, Max Ernst e Marcel Duchamp. Muitos acham que a principal atração da casa é a coleção de mobiliário projetada pelo arquiteto e suas soluções engenhosas e inovadoras para problemas como aproveitamento de material e falta de espaço. É impressionante que uma casa de tamanho médio tenha conseguido acolher, em determinado momento, quatro gerações da família. Todos esses detalhes são revelados no passeio guiado que começa com um filme que conta um pouco mais sobre o trabalho de Erno Goldfinger e a concepção da casa. Ingresso: £7,20 Abre de quarta a domingo das 11h às 17h. Às 11h, 12h, 13h e 14h entrada apenas com tour guiado. A partir das 15h é possível visitar de forma independente. Veja aqui

2, Willow Road a casa de Erno Goldfinger:

8. Mixed Bathing Pond, Highgate Men’s Bathing Pond e Kenwood Ladies’ Bathing Pond: Hampstead Heath possui três lagoas de banho. Estes são os lugares perfeitos para se refrescar em um dia ameno de verão na capital – ou para fazer seu coração disparar durante o inverno, se você for corajoso o suficiente para mergulhar. Há um tanque misto e dois tanques do mesmo sexo. A água é 100% natural, o que significa que não há produtos químicos. Além de outros nadadores, você estará na companhia de patos amigáveis! Os lagos femininos e masculinos estão abertos o ano todo, mas para acessar a piscina mista durante o inverno, você deve ingressar no Hampstead Winter Swimming Club. A taxa para entrar nas lagoas é de £ 2 por adulto (leve moedas). Os vestiários são anexados às lagoas e não ha armários e os salva-vidas estão sempre de plantão.

Mixed Bathing Pond – Photo by https://www.mixedpondassociation.org.uk/

9. 77, Parliament Hill – Casa de George Orwell: Orwell mudou-se para 77 Parliament Hill em meados de fevereiro de 1935, quando tinha trinta e dois anos e após viver por 6 meses em cima da Livraria “Booklovers ‘Corner”. Sua mentora literária, Mabel Fierz, conhecia a proprietária e perguntou se ela poderia alugar um quarto para Orwell. Fierz pensou que o ar fresco e a subida da colina seria bom para seus pulmões.

77, Parliament Hill – Casa de George Orwell

10. Parliament Hill Viewpoint/ Mirante: As colinas de Hampstead Heath oferecem vistas espetaculares da cidade emolduradas pelo verde, principalmente se você subir a colina de 98 metros. Esta vista é protegida por lei e nenhum empreendimento pode ser construído caso obstrua a paisagem. A maior vista de todas pode ser apreciada de Parliament Hill. É um lindo local para desfrutar de um piquenique de verão, ou compartilhar uma garrafa de vinho em um romântico pôr do sol longe da agitação da cidade. Se você acorda cedo, venha experimentar um dos amanheceres mais tranquilos de toda Londres. No século 17, a colina foi apelidado de ‘Traitor Hill’, que diz a lenda diz que Guy Fawkes planejava a destruição do parlamento britânico e iria a Parliament Hill assistir de camarote a destruição.

Parliament Hill Viewpoint você consegue avisar praticamente Londres inteira!

11. Parliament Hill Fields Lido: Inaugurado em 1938, o Parliament Hill Lido no norte de Londres é uma piscina ao ar livre sem aquecimento, aberta ao público 365 dias por ano. Operada pela Corporation of London, a piscina tem 61 m x 27 m.  O Parliament Hill Fields Lido custou de £ 34.000 e foi o mais ambicioso e caro dos treze lidos construídos em parques por Londres entre as guerras. Para saber mais acesse aqui. Dentro do local tem um café, o café Parliament Hill Lido e fica aberto diariamente. Tudo o que serve é feito na cozinha principal e é 100% vegano e cerca de 80% libanês, com algumas receitas que chegaram de lugares tão distantes como Marrocos e Índia.

Parliament Hill Fields Lido Photo by http://parliamenthilllido.org/

Para ir embora você pode pegar o trem overground da Estação de Gospel OAK, ou se ainda tiver pique, segue dica extra na região:

12. Cemitério de Highgate: Ja que você estará pela área vou dar uma dica extra. Conhecer o Cemitério de Highgate inaugurado em 1839 e eleito um dos 7 cemitérios magníficos de Londres com mais de 53.000 lapides e 170.000 pessoas enterradas. Eu não sou grande fã de visitação de cemitérios, mas como boa curiosa não deixo de ir em alguns. Highgate é um dos obrigatórios em Londres, tipo o Père Lachaise de Paris, o Olsany de Praga e o Cemitério da Recoleta de BsAs – Highgate foi classificado como Grau I no Registro Histórico de Parques e Jardins de Interesse Histórico Especial da Inglaterra. E os ingleses sabem desse tesouro, por isso cobram dos visitantes uma taxa apenas para participar de uma excursão autoguiada ao cemitério Highgate, e isso nem dá acesso total ao local, apenas ao Cemitério Leste. E se você quiser ver as tumbas realmente famosas, você deve fazer um tour guiado pelo Cemitério Highgate Oeste (como as tumbas de Michael Faraday, George Michael, Douglas Adams, George Eliot, Christina Rossetti, Catherine Dickens (esposa de Charles Dickens. Ele foi sepultado na Abadia de Westminster) e o principal morador: Karl Marx) Veja mais sobre horários e taxas aqui

Photo by https://secretldn.com/

PARTE II – dia para explorar hampstead village – arquitetura, CULTURA HISTORIA E MUITO CHARME

Neste dia acorde cedo e vamos explorar a vila de Hampstead ou Hampstead Village, que inclui gastropubs, boutiques, delicatesses e antiquários.  Hampstead é bastante residencial e é um prazer passear pelas ruas e escadarias e apreciar as belas mansões, que incluem casas de artistas e escritores famosos. Nomes como Sting, Michael Palin, Ricky Gervais, Ringo Starr, Boy George, Jonathan Ross, Judy Dench, Emma Thompson, Jeremy Irons Liam Gallagher, Helena Bonham Carter, Alan Bates, Ridley Scott e George Michael são apenas alguns dos rostos famosos que você bem pode ter encontrado nas ruas de Hampstead nos anos mais recentes.

Até parece que você saiu da cidade de Londres e esta indo visitar a cidade de Hampstead, acho incrível a atmosfera e bater perna por lá, meu bairro preferido no norte de Londres. Neste tour não teremos apenas pontos específicos de parada, mas sim, um roteiro a pé com nome das ruas, pois o bairro merece essa caminhada. Partiremos para a a caminhada pela Estação de Metro de Hampstead (linha Northern). Bora?

Um tour por Hampstead, Londres - Hampstead Station
Um tour por Hampstead, Londres – Hampstead Station – saindo pela porta centtal da estação, vire a direita.
  1. Saindo da Estação de Metro de Hampstead (em uma esquina), vire a direita na Heath Street e em seguida a direita novamente. Você estará na rua chamada Black Lane uma ruela charmosa que te dará um cheirinho do que você verá pelo bairro – charme, muito charme. Cor, muita cor.

2. No final da Black Lane você vira a direita na rua de pedestre Flash Walk, uma das ruelas mais lindas do bairro e onde Hampstead começou a ser desejada. Nesta rua aprecie o pub The Flash, a floricultura, a barbearia e a loja de antiguidades que aliás, eu perderia horas nestas lojinhas tentando achar preciosidades. Muitas vezes tem artistas de rua pintando a paisagem, isso diz muito do local, ne?!

Um tour por Hampstead, Londres - Flash Walk
Um tour por Hampstead, Londres – Flash Walk

3. Terminando a curta caminhada pela Flash Walk, você sairá na principal rua do Bairro, a Hampstead High Road. Nesta rua, tenho três sugestões para o seu café da manhã: comer um Cinnamon Bun da GAIL’s Bakery (64, Hampstead High Road) ou comer um crepe na típica creperia francesa La Creperie de Hampstead que funciona num trailler e ficou famosa desde que se estabeleceu permanentemente no local em 1980 (nº77, Hampstead High Road) e vive aparecendo nos filmes que tem Hampstead como cenário. Longas filas se formam pra provar os crepes que abrem em horário reduzidos (sex a dom, das 11h às 23h) e muitos ficam desapontados. Quem sabe você da seu veredito?

E que tal um chá ingles para acompanhar a o crepe ou o cinnamon bun? Aqui a dica é conhecer a cabine telefônica mais autentica da cidade, transformada em cafeteria e administrada pelo Umar, um alemão paquistanês que aluga a cabine e fez o primeiro “café na cabine” de Londres chamado de Kape Baraco. O café foi aberto em 20015 e abre de terça à sexta, das 8h às 16h (18h no verão). A cabine fica praticamente em frete da Creperia, do outro lado da rua, na 25, Hampstead High Road.

4. Terminando o cafezinho da manhã, vamos caminhar na Hampstead High Road. Quando ver Perrin’s Court adentre (atenção, não é a Perrin’s Lane e sim Perrin’s Court). Essa é outra ruela de filme, literalmente, pois já apareceu em diversos. Nesta ruela admire o restaurante Villa Bianca, a casinha florida e colorida em frente ao restaurante e toda a sua arquitetura quando estiver caminhando ate o final dela. Um encanto.

Um tour por Hampstead, Londres - Perrin’s Cour
Um tour por Hampstead, Londres – Perrin’s Cour

5. Chegando ao final da Perrin’s Court você estará novamente na Heath Street. Vire a direita e no nº 12 você chegará a Hampstead Antique & Craft Emporium, um beco que tem um antiquário e é uma graça. Fiquei encantada com as peças.

Um tour por Hampstead, Londres – Antiquario

6. Saindo do Antiquário atravesse a Heath St e você verá a sua esquerda a Church Row, rua que possui algumas das casas georgianas, da era da Queen Anne, mais bem preservadas de Londres e uma bela vista da Igreja Paroquial de Hampstead do século 18 no final. A casa nº 5, uma branca, é datada de 1714 e é bem diferente das demais, vale observá-la. Desça a rua até o final onde fica um cemitério.

Church Row e as super autenticas placas de ruas de Hampestead. Como nao amar?!

7. Andando pela mesma rua, Church Row, você avistara uma igreja, Trata-se de St John-at-Hampstead Churchyard e lá neste cemitério estão enterrados vários pintores e artistas no local como o pintor John Constable, o escritor George Du Maurier, o relojoeiro John Harrison (ele famoso pela Longitude );  Gerald Du Murier, o primeiro ator a interpretar o Capitão Gancho; a atriz Kay Kendall e o cirurgião e ladrão de corpos Joseph Jordan são apenas algumas das figuras famosas que descansam no cemitério paroquial que se estende por ambos os lados de Church Row. Lá também fica o o túmulo da família Llewelyn Davies. Junto com Arthur e Sylvia Llewelyn Davies estão enterrados os restos mortais de seus cinco filhos que inspiraram o autor JM Barnie na criação de Peter Pan. Se quiser entender melhor essa historia triste, clique aqui

8. Depois de conhecer o cemitério, ou não rs, siga andando pela Holly Walk e sentido as lapides e toda atmosfera mórbida do local. Essa caminhada é uma graça e você pode se imaginar morando por la? Seria incrível não é. Nesta caminhada passaremos por chalés pitorescos, um dos quais foi o lar de Dame Judy Dench por muitos anos. Um pouco mais adiante, passaremos por outra linda igreja onde o homem que Winston Churchill apelidou de “O Monstro de Hampstead” costumava adorar, e ainda mais adiante passaremos pela Watch House onde partiram as primeiras patrulhas policiais na década de 1830

Você caminha por um lugar meio “perdido”, meio “selvagem” mas ao mesmo tempo urbano e sente que no fim do túnel, ops, beco haverá um tesouro. E vai ter uma surpresa em saber que no final da ruela terá a Mount Vemon, outra ruela muito fofa do bairro. Alí, no nº7 tem uma placa em homenagem a Robert Louis Stevenson, um influente novelista , poeta e escritor de roteiros de viagem britânico, nascido na Escócia. Escreveu clássicos como A Ilha do Tesouro, O Médico e o Monstro e As Aventuras de David Balfour.

Holly Walk in Hampstead

9. Desca as escadas da Mount Vemon para a Holly Hill. Alí na frente mais um tesouro, o PUB, incrivel The Holly Bush na 22, Holly Mount. Alguns dizem que o prédio é de 1643 durante a monarquia de Carlos I e outros dizem foi originalmente construído como uma casa na década de 1790 e usado como salas de montagem no século 19 antes de se tornar um pub em 1928.  O local é listado como Grade II  (edifício listado é aquele que foi colocado em uma das quatro listas estatutárias mantidas pela Historic England na Inglaterra, Historic Environment Scotland na Escócia, Cadw no País de Gales e Northern Ireland Environment Agency na Irlanda do Norte). Em 2010, foi comprada pela Fuller’s Brewery . Dentro é do seculo 19 e varias figuras importantes frequentaram como: Dr. Samuel Johnson e seu biógrafo James Boswell; o ator Jude Law e o músico Liam Gallagher, que foi expulso uma noite depois de discutir se ele pagou ou não por suas bebidas.

Um tour por Hampstead, Londres - The Holly Bush Pub
Um tour por Hampstead, Londres – The Holly Bush Pub

10. Já que você esta na Holly Mount, uma ruazinha sem saída pra lá de fotogênica aproveite para andar ate o final dela e por fim descer a Holly Mount Steps. No final da escadaria você estará no Gaucho Hampstead uma das unidades do restaurante que serve carne no estilo brasileiro/argentino. Tem um terraço mto legal.

Holly Mount Steps – Em Hampstead escadarias não faltam!

11. Mas se quiser continuar a caminhada você também estará no ponto de partida, a Black lane, proximo da Estação de Metro, lembra? Desça a rua novamente e no final ao invés de virar a direita na Flash Walk apenas para pedestres, vire a esquerda na Flash Walk para carros e caminhe por essa maravilha de rua ate chegar a uma bifurcação. Neste local de bifurcação, mais exatamente na 71, Flash Walk vamos parar para admirar outra referencia histórica:

12. The Wells and Campden Bath and Wash Houses é datada de 1888 – as casas da era vitoriana não tinham banheiro e nem água encanada então os moradores de Hampstead vinham aqui para lavar as roupas, tomar banho e até abastecer de água pra beber. Virou prédio de apartamentos em 1985.

The Wells and Campden Bath and Wash Houses

13. Continue caminhando pela rua que se tornara Well Walk. Esta rua teve moradores famosos como John Keats (antes de se mudar para Keats Grove) e o grande Pintor John Constable (nº40 Well Walk). Nesta rua também fica a Chalybeate Well – Poço de água do século 18 – diziam que essa água tinha propriedades terapêuticas e rica em sais de ferro. Por isso era colocada em frascos e enviada a Londres para serem vendidas (Londres era distante no seculo 18). Em frente ao poço fica a Wells Tavern que serviu como uma hospedaria para encontros e casos amorosos ilícitos, o que também tornou a vila famosa. 

Wells Tavern

14. Volte alguns metros da Wells Walk ate chegar na New End Square. Nesta rua fica a Burgh House & Hampstead Museum uma casa construida em 1704, durante o reinado da rainha Anne, e que foi uma das primeiras mansões da área. Hoje é um museu que conta a história do bairro e também tem uma pequena galeria de arte e um café. O museu é grátis e fica aberto de quarta à sexta e aos domingos, de 12h às 17h. O café abre também aos sábados.

15. Caminhe pela New End Square e depois se transformara em New End. Essa caminhada é para admirar a vizinhança, as ruas, arquitetura e as belezas que abriga as casas e jardins mais característicos do bairro.

16. Terminando a rua New End você verá bem em sua frente uma escadaria (ao lado da 91, Heath Street). Suba a escadinha e no final avistará uma outra escadaria. Antes de subi-la, admire a casa a direita nas cores banca e azul. É um achado arquitetônico ao meio de tantos tijolinhos.

17. Depois de subir uma escadaria um pouco maior, você estará na Rua Hampstead Grove. E na frente da escadaria fica a Fenton House da National Trust. É uma casa de um comerciante de Riga (Letônia) do seculo XVIII (1963) que pertence ao National Trust. É uma casa isolada com um jardim murado, que é grande para os padrões de Londres, e possui um jardim submerso, um pomar de mais de 300 anos com cerca de 30 tipos diferentes de macieiras e uma horta. Em setembro acontece o Apple Day quando os visitantes podem provar algumas das deliciosas maçãs. Entrada paga – eu fui e adorei o passeio! Belo demais o jardim.

Um tour por Hampstead, Londres - Fenton House - Apple Day
Um tour por Hampstead, Londres – Fenton House – Apple Day

18. Seguindo adiante na caminhada pela Hampstead Grove você pode caminhar uns metros a direita na Admiral’s Walk. onde fica a Admiral’s House, foi construída em 1700 e é listada de Grau II e apresentada em várias pinturas de John Constable como The Grove, ou Admiral’s House, Hampstead  que está no coleções do Victoria and Albert Museum em Londres. Outra pintura, The Romantic House at Hampstead esteve nas coleções da National Gallery. a arquitetura é bem diferente. O telhado da casa inspirou PL Travers onde almirante Boom faz o mesmo do telhado de sua casa em Cherry Tree Walk em Mary Poppins.

19. Ao final da Admiral’s Walk pegue a direita na Windmill hill e depois a direita na Lower Terrace. Caminhe por ela ate o numero 9 onde fica a Hampstead Scientific Society Observatory, um observatório publico com telescópios potentes. Em julho de 1899, em uma reunião pública, foi formada a Sociedade Científica Geral e Astronômica de Hampstead. O cometa de Halley foi observado no Observatório em 1910 e novamente em seu retorno em 1986 quando, naquela ocasião, mais de 1000 membros do público foram vê-lo. O Observatório também abriga um conjunto de instrumentos meteorológicos e agora pode se orgulhar de uma série contínua de registros diários abrangendo mais de um século no mesmo local. Para ver maiores informações de abertura e funcionamento, clique aqui Ah e do lado fica a Judges Walk um beco selvagem com escadaria – daquelas que vc nao sabe o que verá.

photo by http://www.hampsteadscience.ac.uk/

Agora, para os proximos destinos a caminhada será grande, mas os locais farão valer muitoooo a pena, confia! Segue mapa da caminhada pelos próximos destinos:

Caminhada por Hill Garden and Pergola, Spaniards Inn e Kenwood House

20.  Você pode continuar na Lower Terrace até a W Heath Road onde poderá adentrar o parque e caminhar por uns 700 metros até o The Hill Garden and Pergola – “Um pedacinho secreto da Itália em Londres” foi construído por um aristocrata rico dono de uma fabrica de Sopa que construiu sua casa lá. Hoje a prefeitura da City of London que é proprietário dos jardins, que pra mim é um dos mais bonitos de Londres. Mesmo em Londres, onde você se acostuma a ver estranhos templos romanos subterrâneos e cemitérios vitorianos que foram transformados em reservas naturais , Hampstead Pergola se destaca. 

O Hill Garden e a Pergola costumavam fazer parte do terreno da Hill House, uma villa do início do século 19 que foi reconstruída e ampliada por Sir William Lever, Visconde Leverhulme.  Leverhulme encomendou a pérgula e os jardins como parte deste processo de expansão e foram projetados e construídos pelo arquiteto paisagista mundialmente famoso Thomas Mawson.  O objetivo do jogo era criar um local ensolarado onde os aristocratas da sociedade eduardiana pudessem participar das pródigas funções sociais organizadas por Leverhulme (que era muito, muito rico) e desfrutar dos arredores gloriosos. 

O barão Inverforth comprou o The Hill (como era então conhecido) em 1926 – foi rebatizado de Inverforth House quando ele o presenteou com o Hospital Manor House após sua morte. O London County Council comprou parte da propriedade em 1963, transformando-a no Hill Garden público.  Naquela época, a parte com a pérgula ainda era propriedade privada, mas passou a fazer parte dos jardins em 1991. Hoje, o Hill Garden e Pergola fazem parte de Hampstead Heath.  Realisticamente, o Hill Garden & Pergola é uma bela bolha de riqueza retida com privilégios que contrastam com os direitos públicos e as terras comuns de Heath. É uma antítese fascinante, mas, na verdade, a maior atração é o fato de que é realmente um dos lugares mais adoráveis ​​de Londres. 

Hampstead Hill Garden & Pergola normalmente abre às 8h30 e fecha pouco antes do anoitecer durante todo o ano. Verifique aqui os horários de funcionamento ah e é um ótimo cenário para fotos profissionais. Ficam lindas.

Photo by Viv Lynch
Photo by Viv Lynch

Saia do Parque pela N END WAY e vire a direita. Quando chegar na rotatória, você vira a direita na Spaniards Road. Nesta rua você pode caminhar por 800m até o proximo destino, pode pegar um UBER ou taxi se preferir e descer no PUB “The Spaniards Inn”.

21. The Spaniards Inn Pun construído em 1585, é um dos pubs mais antigos de Londres e já foi imortalizado em diversos filmes como o Drácula de Bram Stocker e também por ter sido frequentado por vários autores e notáveis como Charles Dickens, John Keats e Lord Byron.

Dizem na obra “The Pickwick Papers”, de Charles Dickens, o vilão nasceu exatamente neste local. E foi ali, entre as mesas, que ele aprendeu suas artimanhas criminais. Outra referência de acordo com o pub foi que John Keats escreveu sua obra “Ode to a Nightingale” nos jardins, e Stoker emprestou uma de suas histórias de fantasmas para fornecer o enredo de Drácula.  Outra  grande atração é o jardim com mesas ao ar livre e dizem inclusive que alguns fantasmas vivem por lá!

Em 2007, o The Spaniards Inn foi listado em 4º lugar pelo The Guardian em um artigo detalhando os “10 melhores pubs do Reino Unido”. Vale ou não caminhar um quilometro para conhece-lo?

22. Exatamente atrás do Pub (muro com muro) fica a Mansão de Harry Styles, do One Direction. Na  1090, Spaniards Rd, em uma casa branca com portões pretos e muros de tijolinhos.

Casa de Harry Styles em Hampstead, Londres. Photo by @matrixpictures.co.uk

23. Saindo do Pub, continue caminhando mais 200 metros e você estará em uma das entradas do Parque de Hampstead Heath. Trata-se de um parque público de 320 hectares com diversas lagoas para pesca e banho; áreas recreativas para prática de esportes, e ao norte, a Kenwood House, atração que fechará nosso tour por Hampstead.

Um tour por Hampstead, Londres - Hampstead Heath
Um tour por Hampstead, Londres – Hampstead Heath

24. Vamos adentrar o parque e ir até a Kenwood House – uma antiga casa inglesa que serviu como um assento para as famílias aristocráticas Murray e Guinness e tinha vários inquilinos. A casa original data do início do século XVII, quando era conhecida como Caen Wood House. Esta casa apareceu em diversos momentos como: O filme britânico de 1999, Notting Hill, O filme britânico Orgulho e Preconceito, de 1995, teve cenas filmadas aqui. Muitas cenas do filme Belle de 2013 são ambientadas na casa ou em seus terrenos. Na casa uma coleção enorme de quadros e decoração podem ser admiradas! Foi comprada pela Familia Guinners e quando morreram, deixaram para o publico. Entrada gratuita

Para voltar a estação de metro, proximo da Kenwood House, você pode pegar um uber/taxi ou o Onibus 210 da parada Compton Avenue Kenwood House para Hampstead Heath, Golders Green Station e Finchley Road. Ou o ônibus 603 para Hampstead Heath, Hampstead Station, Swiss Cottage Station. Você pode checar horarios e rotas no site do TFL

Se optar por descer em Finchley Road e ainda tiver pique, pode optar por conhecer uma dica extra e incrível:

25. Museu de Freud: Freud se mudou de Viena para Londres em 1938, devido ao regime nazista. Em 1986, foi fundado o Museu Freud de Londres, que além do mobiliário original utilizado pelo psicanalista como seu famoso divã, abriga muitos objetos pessoais como livros e uma coleção de antiguidades egípcias, gregas,  romanas e orientais. Existe também uma área dedicada a todos os membros da família que moraram na casa e o acesso ao jardim é permitido nos meses de verão. Endereço: 20 Maresfield Gardens. Veja mais aqui

O Divã de Freud – photo by https://www.freud.org.uk/

Finalizamos os tour por Hampstead. Sem duvidas, são passeios que vocês irão querer repetir muitas vezes por tamanho encantamento. Deixo aqui o mapa do bairro com as paradas da Parte I e Parte II pelo bairro (vermelho parte I e azul parte II)


Avaliação: 1 de 5.

Perestilo no Palacio Diocleciano - Foto Autoral

O que fazer em Split, a segunda maior cidade da Croácia. Uma viagem de carro pela Croácia.

O que fazer em Split, a segunda maior cidade da Croácia. Uma viagem de carro pela Croácia. … Mais O que fazer em Split, a segunda maior cidade da Croácia. Uma viagem de carro pela Croácia.



Deixe sugestões e/ou comentários :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s