O que fazer em um dia em Londres? Aqui te indico um roteiro perfeito com o passo-a-passo. Confira!

Por Mariana Piana, do Sul (morei em Londres de 2005 à 2006)

Vou logo começando o post dizendo que ter apenas um dia em Londres é um pecado mortal! Tem tanta, tanta, tanta coisa pra ver e fazer na cidade que indicaria no mínimo 7 dias, buttttt, se você só tem um dia em Londres e não pode mudar isso, vou te sugerir um roteiro certeiro, bem agitado e com bastante caminhada, portanto, não perca tempo e comece o dia cedinho! 

1) O dia começa em Picadilly Circus (metro Picadilly Circus). Lá tem um dos cenários mais famosos e fotografados de Londres, a Piccadilly Lights, ou telão multicolorido de propagandas. Por lá você pode aproveitar para conhecer a Boots (farmácia maravilhosaaaaa da vida) e a Lilly Whites, uma loja de esportes com preços bem chamativos. Tem também o Memorial de Shaftesbury, de 1893 e a estátua de Eros, um anjo construído totalmente de alumínio. Mas lembre-se: sem perder tempo.

Piccadilly Lights, - Piccadilly Circus, Londres
Piccadilly Lights, – Piccadilly Circus, Londres

2) Saindo de Picadilly Circus, pegue a Rua Picadilly (perto da loja Lilly Whites) e quando chegar no hotel Ritz, que estará a sua esquerda, entre no Green Park. Cruze o parque até chegar no Buckingham Palace, a morada da Rainha.

Buckingham Palace, Londres
Buckingham Palace, Londres
Troca da Guarda no Palácio de Buckingham, Londres
Troca da Guarda no Palácio de Buckingham, Londres

3) Em frente ao palácio ande pelo The Mall, até sair na Trafalgar Square, uma das principais praças da cidade, onde acontecem as principais manifestações e eventos. Você poderá visitar a The National Gallery com entrada franca e obras de diversos artistas renomados como Van Gogh e Monet.

The Mall, Londres
The Mall, Londres
The National Gallery, Londres
The National Gallery, Londres
Trafalgar Square, Londres
Na Trafalgar Square durante os eventos da Copa do Mundo de 2010

4) Bem em frente à Trafalgar Square fica a rua Whitehall, ande por ela até a Downing Street, nº 10  (que estará a sua direita) onde fica a residência oficial do Primeiro Ministro e depois continue pela Whitehall até chegar em uma praça no final da rua, o Parlament Square Garden. Nesta praça (que é cercada de inúmeras atrações) você poderá observar algumas estátuas como a de Winston Churchill, Nelson Mandela e Gandhi.

Parlament Square Garden, Londres
Parlament Square Garden, Londres

5) Do outro lado da praça fica a Abadia de Westminster, em estilo gótico e que desde 1066 sedia as coroações dos monarcas britânico. Lá também foi realizado em 2011 o casamento do Príncipe William com Kate Middleton.

Abadia de Westminster, Londres
Abadia de Westminster, Londres

6) Saindo da Catedral você já vai ter avistado o grande Big Ben e o Parlamento. Depois de tirar bastante foto de vários ângulos, atravesse a Westminster Bridge para ter uma vista incrível.

 

Westminster Bridge e Big Ben, Londres
Westminster Bridge e Big Ben, Londres
Big Ben, Parlamento e Westminster Bridge, Londres
Big Ben, Parlamento e Westminster Bridge, Londres

7) Do outro lado da ponte estará a imponente roda gigante, a London Eye. Se quiser (e tiver tempo) faça o passeio que demora aproximadamente 30 min e você terá uma vista linda da cidade. Embaixo da London Eye tem um parque pequeno que pode ser uma boa opção para um picnic rápido ao som de músicos ótimos que enchem o lugar de vida.

OBS: A London Eye geralmente tem fila e se perde muito tempo neste passeio. Se optar por ir, compre com antecedência o ingresso.

London Eye - A roda gigante de Londres
London Eye – A roda gigante de Londres

Depois de ver os principais ícones da cidade, você pode caminhar margeando o Rio Tâmisa até chegar na Tower Bridge (aproximadamente 2km). Neste caminho você vai passar por lugares lindos e escondidinhos, que só caminhando você vai descobrir. É uma delícia e grande parte das atrações turísticas ficam por lá! Sem dúvida é meu lugarzinho e passeio preferido na Capital Britânica ❤

8) Passando a London Eye e margeando o Tâmisa, a primeira atração a sua esquerda  e em frente a Waterloo Bridge será a BFI Southbank (British Film Institute), uma organização beneficente de cinema e televisão do Reino Unido, com algumas salas de cinema que passam diversos tipos de filmes e festivais. Se não quiser entrar por causa do tempo apertado, pelo menos observe o local na sua passagem por lá.

BFI Southbank - fonte: www.bfi.org.uk
BFI Southbank – fonte: http://www.bfi.org.uk

Ah, e logo embaixo da ponte vai ter um Sebo mais lindo que você já viu na vida ❤

Southbank, Londres
Southbank, Londres

Continue sempre margeando pelo Tamisa, em alguns momentos você se afastara do rio por não ter passagem de pedestre, mas a primeira oportunidade volte a margeá-lo (você pode se perder, mas é só pensar em ir em direção do rio que logo se encontra). Você vai passar por lugares lindos nessa caminhada, como Gabriel’s Wharf e a OXO Tower, onde tem uma loja irresistível para meus colegas viajantes e adoradores de design, a Suck UK.

Gabriel's Wharf, Londres
Gabriel’s Wharf, Londres
Gabriel's Wharf, Londres
Gabriel’s Wharf, Londres

9) A próxima atração por lá é o Tate Modern, inaugurado no ano 2000 em uma antiga estação de energia de Bankside, o museu faz parte do grupo Tate, conjunto de 4 galerias de arte e é um dos maiores museus de arte moderna e contemporânea do mundo. Você pode subir o prédio e terá uma vista linda e gratuita de Londres.

 

A vista da Tate Modern, Londres
A vista da Tate Modern. Predio que fica aos fundos da Tate.
Por dentro da Tate Modern, Londres
Por dentro da Tate Modern, Londres

10) Em frente ao museu, esta a Millenium Bridge, ou Ponte do Milênio. Foi construída também em 2000 e cruza o Rio Tâmisa, unindo a zona de Bankside com a City de Londres. Tem um estilo futurista e pra mim é uma das mais bonitas da cidade, rendendo boas fotos com a St Paul’s ao fundo.

Millenium Bridge e St Pauls Cathedral, Londres
Millenium Bridge e ao fundo a St Pauls Cathedral

11) St. Pauls Cathedral fica do outro lado da Millenium Brigde. Você pode atravessar a ponte para visitar o local que foi realizado o casamento do Príncipe Charles com a princesa Diana e outras cerimônias como: os funerais do Duque de Wellington, de Churchill, Lorde Nelson e de Margaret Thatcher. As celebrações do Jubileu da Rainha Victoria e os e o Jubileu de Diamante da Rainha Elizabeth II. Depois de conhecer St. Pauls, volte até a Tate Modern passando pela Millenium Bridge novamente.

St Pauls Cathedral ou Catedral de São Paulo, Londres
St Pauls Cathedral

12) Ao lado da Tate Modern fica o Shakespeare’s Globe, construído em 1599 época elisabetana. William Shakespeare tornou-se um de seus sócios, transformando-a em arena para as representações de peças como Hamlet e Rei Lear. Em 1613 pegou fogo e foi reconstruída, sendo que só em 1997 voltou a funcionar. A reconstrução foi a mais fiel possível do projeto original e as técnicas de construção foram de acordo com as práticas do séc. XVI.

Shakespeare Globe, Southbank, Londres
Shakespeare Globe, Southbank, Londres
Caminhar por Southbank, Rio Tâmisa, Londres
As belezas que você encontra caminhando pelas margens do Tâmisa.

13) Continue margeando o Tâmisa. Você vai passar por lugares muito lindos como o pub the “The Anchor” e sua ruazinha cheia de charme. Passando por baixo de um túnel (onde tem um grafite lindo do Australiano Jammy C, do outro lado estará o The Clink Prison Museum (1 Clink St), um museu pequeno que mostra o surgimento de uma prisão de 1144 e que foi uma das prisões mais antigas e notórias da Inglaterra.

Caminhar por Southbank, Rio Tâmisa, Londres
The Anchor Pub
Caminhar por Southbank, Rio Tâmisa, Londres, Grafite Jammy C
Grafite de Jammy C – Southbank

 

14) Depois de passar pelas ruelinhas perto da prisão, continue margeando o Tamisa até chegar ao Golden Hinde II, uma réplica do histórico navio Golden Hinde que fica ancorado na St Mary Overie Dock e que percorreu uma volta ao mundo entre 1577 e 1580.

Golden Hinde II - Southbank, Londres
Golden Hinde II

15) Bateu uma fome? Vamos fazer um lanchinho em um dos mercados mais antigos e tradicionais de Londres? É o Borough Market, um mercado de comidinhas bem descolado pertinho do Tamisa. Para chegar nele, você vai se distanciar do Rio, mas será bem pouquinho (8 Southwark St). Por lá você encontra sabores e aromas do mundo todo, é  uma pausa bem estratégica no dia e rende lindas fotos.

Borough Market - Southbank, Londres
Borough Market – Southbank, Londres
Borough Market - Southbank, Londres
Borough Market – Southbank, Londres

16) Em menos de 5 minutos a pé do Borough Market fica o prédio mais alto do Reino Unido e o 4º mais alto da Europa, com 95 andares, o The Shard (32, London Bridge St). Projetado pelo Italiano Renzo Piano, este arranha-céu foi inaugurado em 2011 é um dos novos ícones da cidade. Lá você encontra hotéis, residências, restaurantes e você pode subir até os mirantes (69º e 72ºandar) que te proportcionará uma vista maravilhosaaaa e imperdível da cidade. Você pode comprar o ingresso pelo site antecipadamente ou na hora (que é mais caro). Ou se preferir, pode optar por ir em um dos bares que ficam no prédio e pagar a consumação mínima exigida por pessoa.

The Shard visto por outro arranha-ceu de Londres, o Sky Garden
The Shard visto por outro arranha-ceu de Londres, o Sky Garden
Aqua Shard, The Shard, Tâmisa, Londres
Aqua Shard

17) Saindo do The Shard ou do Borough Market, e voltando para as margens do Rio Tâmisa, você vai passar pelo HMS Belfast, um antigo navio de Guerra e que hoje integra um dos Museus Imperiais de Guerra desde 1971. Você pode visitar e entender mais sobre a vida a bordo durante a guerra e os funcionamentos do navio. Inclusive, é um passeio bem legal para crianças.

HSM Belfast e ao fundo a London Bridge
HSM Belfast e ao fundo a London Bridge

18) Do ladinho do navio, está a ponte mais bonita da cidade (na minha opinião, claro). A London Bridge que foi inaugurada em 1894. A ponte originalmente era a única passagem que ligava os dois lados do Rio Tamisa, depois foram construindo outras. Ela é móvel e levanta suas básculas para dar passagem a embarcações altas e grandes que navegam no Rio Tâmisa. Ahhh, e antes de chegar na ponte você passará pelo City Hall ou prefeitura de Londres que tem uma arquitetura pra lá de diferente! No verão esta área fica linda e cheia de gente que vai tomar pins & pints depois do trabalho.

London Bridge abrindo para passagem de uma embarcação - Londres
London Bridge abrindo para passagem de uma embarcação – Londres
London Riviera, Thames River, London
nos arredores da Prefeitura e da London Bridge durante o verão londrino.
A mais linda ponte de Londres, Tower Bridge toda iluminada a noite
A mais linda ponte de Londres, toda iluminada a noite

19) Atravessando a Tower Bridge, você a sua esquerda avistará a Torre de Londres ou Tower of London. Foi construída em 1080 a mando de William, o Conquistador.  É uma fortificação que funcionou ao longo da sua história como residência real, arsenal, fortaleza e prisão (onde ficou a condenada Rainha Ana Bolena, segunda esposa de Henrique VIII) e por mais de 900 anos ficou conhecida como um lugar ruim onde viviam presos em péssimas condições e sob tortura.  Hoje ao visitar você poderá ver as dependências, os corvos (residentes da Torre), a Capela de São Pedro onde estão os restos mortais de prisioneiros mais famosos que foram executados e a principal atração: as Joias da Coroa (Crown Jewels) que é composta por coroas, espadas e cetros de valor histórico e religioso. Se você tiver tempo e quiser entrar ok, só entenda que esta visita demora algumas horinhas.

Torre de Londres - Londres - Ana Bolena - Henrique VIII
Torre de Londres, as margens do Tâmisa
Torre de Londres - Londres - Ana Bolena - Henrique VIII
Torre de Londres

20) E para fechar o dia, sugiro um dos meus lugares preferidos em Londres, a St. Katharine Docks. Não é um destino turístico, mas eu sempre recomendo aos amigos, e eles adoram. Pra mim pode ser considerado um paraíso escondido no meia a adrenalina Londrina. Se trata de um pequeno pier na baía do Rio Tamisa bem ao lado da Tower Bridge e oposto a Tower of London. Lá você vai ver diversos barcos ancorados, restaurantes, lojinhas, cafés e o pub mais bonito da cidade (na minha opinião rsrs), o The Dickens Inn, que eu sugiro tomar uma pint e fechar o dia ao estilo inglês! Cheers!

St. Katharine Docks, Tâmisa, Segredo de londres
St. Katharine Docks – o Starbucks que tem na foto é muitooo fofo!
20150703_174119
The Dickens Inn  que fica em St. Katharine Docks de dia é lindo
St Katherine Docks e The Dickens Inn, Londres
St Katherine Docks e The Dickens Inn, Londres

E para retornar ao hotel ou aeroporto, a estação de metro mais próxima é a de “Tower Hill” ou a estação de DLR “Tower Gateway”.

Este roteiro é para um dia inteiro em Londres. Começando bem cedo de manhã e terminando final da tarde/noite. Todos os locais que sugeri no roteiro são muito legais e valem a entrada, porém pelo tempo curto, sugiro que você escolha alguns para entrar, caso contrário, acredito que será uma visita bem rápida. Veja abaixo as atrações no mapa.

Você gostou da sugestão de roteiro de um dia em Londres? Já fez este passeio ou ainda fará? Conta pra gente!

Anúncios

Deixe sugestões e/ou comentários :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s