Natal e Ano Novo: Nossos amigos nos contam quais são as tradições de final de ano em diferentes partes do mundo

Chegamos no último mês do ano e estamos a poucos dias de 2017, época de confraternizar com a família e renovar as esperanças para um próximo ano. Decidimos reunir os amigos ao redor do mundo para fazer um post especial para o final de ano.

NATAL

Brasil por Mariana Piana (Brasileira residente em Campinas/SP)

Para iniciar vamos começar falando sobre as tradições do nosso país Brasil. Por ser um país grande e com diversas origens migratórias, os costumes podem variar de cada região. Porém alguns são comuns para todos, como:

1) As decorações e luzes. Antes mesmo de dezembro iniciar, as casas e prédios estão cheios de luzes de natal, deixando a cidade ainda mais vibrante. Nós adoramos montar a árvore de natal e enfeitar a casa com artigos natalinos. Algumas famílias também montam o presépio. Tudo fica muito fofo!

2) O Papai Noel: Em dezembro você consegue facilmente encontrar o bom velhinho pela cidade e principalmente pelos shoppings que nesta época do ano dão um show de decoração natalina. As crianças adoram ir conhecê-lo, pedir presentes e tirar fotos.

3) A Missa: Algumas pessoas costumam ir à Missa do Galo na Noite de Natal (dia 24), participando antes ou depois da ceia com os familiares. Outras optam por ir à missa no dia 25.

4) A ceia: Tem gente que faz regime antes das festas de final de ano e a justificativa é bem coerente, a ceia de natal é dos Deuses por aqui! A tradicional ceia brasileira acontece na noite do dia 24 (antes ou depois da meia noite, isso varia de cada família), a decoração da mesa é sempre linda e não pode faltar no menu o peru, o tender (uma espécie de presunto brasileiro), a farofa, o salpicão, o arroz grego, a rabanada, o panetone (de origem Italiana mas bem aceito no Brasil) e muitas frutas. Dia 25 as famílias se reúnem novamente, desta vez, para um almoço.

5) Os presentes: os shoppings ficam lotados nesta época do ano. As pessoas querem agradecer e compartilhar o amor e os presentes são formas de demonstrar esse carinho. As famílias deixam embaixo da arvore de natal e entregam na noite do dia 24 (algumas famílias pela manhã de 25). Algumas famílias optam também por realizar uma brincadeira chamada “Amigo Oculto” onde presenteiam e ganham um presente de um amigo secreto (em sorteio).  Enfim, é uma época de muita confraternização, de carinho e de renovação. Eu particularmente adoro viver o Natal.

França por Ana Paula Fauth (Brasileira residente em Paris)

1) Tudo começa no dia 01 de dezembro com o Calendrier de l’avant. É um calendário criado para crianças em geral, para festejar 24 dias antes do Natal esperando a chegada do papai Noel. Cada dia se abre uma janela desse calendário e se descobre um chocolate ou uma brincadeira para fazer. É uma contagem para o Natal e para celebrar o nascimento de Jesus.

2) Os presentes: tem famílias que abrem os presentes 24/12 e tem famílias que abrem no dia 25/12.

3) A gastronomia: É um ponto forte na França e nas festas de final de ano . Todo francês tem nas mesas do Natal e Ano Novo as coisas mais gostosas (as pessoas compram os produtos que mais gostam e de boa qualidade para celebrar essas festas). Estão entre eles o Peru recheado, o Fois Gras, as Ostras, muitos frutos do mar, o Caviar, a la bouche ( espécie de bolo recheado cremoso) além de Champagne e vinhos.

4) Curiosidades: os judeus e muçulmanos que vivem na França festejam o Natal como os cristãos.

5) Durante o período que antecedem o Natal as vitrines das lojas são as grandes atrações para adultos e crianças. A mais famosa é a Galerias Lafayette que cada ano supera por sua grande criatividade e leva ao país e ao mundo o clima mágico do Natal.

1
Calendrier de I’avant

Suécia por Aline Pickler (Brasileira residente em Estocolmo)

Em Estocolmo é comum ver a decoração de natal nas janelas das casas. Os suecos costumam decorá-las com lanternas em formato de estrelas ou velas. Num dos shoppings (Nordiska Kompaniet) mais antigos da cidade eles preparam vitrines natalinas especiais que viram atração turística. No museu a céu aberto (Skansen), há uma feirinha de natal e uma grande árvore cercada de pessoas dançando musicas tradicionais. As comidas especiais para esta época do ano são: Pepparkakor (biscoito de canela com gengibre), Saffransbullar (päo de açafrão) e Glögg (vinho quente, parecido com quentão). Elas combinam perfeitamente com o inverno e são deliciosas. O clima de natal aqui é muito aconchegante e convidativo, existem alguns eventos culturais próprios na ópera, nos cafés, nos parques e nas ruas.

2
Saffranbullar

Itália por Michela Calufetti (Italiana residente em Londres)

Natale (Natal) na Itália é uma das ocasiões que reunimos toda a família e celebramos em torno de uma enorme mesa. Comemos, bebemos, conversamos e jogamos durante todo o dia (e noite). Nosso Natal começa dia 9 de Dezembro (Dia de Santa Maria) quando tradicionalmente as famílias decoram a árvore de natal e o presépio. Presépio é uma tradição que nasceu no sul da Itália e nós tentamos representar o renascimento atraves de pequenas estátuas. É uma tradição tão séria que as cidades ou Vilas fazem competição de “Melhor Presépio do Ano”. Na Itália não é somente o Papai Noel que trás presentes. Nós temos também a Santa Lúcia que na noite do dia 13 de Dezembro (uma santa cega que anda por todo o mundo com seu burro de estimação e estrega presente para as crianças). E no final do período de Natal, na noite do dia 06 de Janeiro nós temos a Befara, uma bruxa que anda de vassoura por todo o mundo e entrega os últimos doces de Natal para as crianças.

Na noite do dia 24 de Dezembro as famílias dividem uma pequena janta que consiste em peixe (e não carne) e depois da meia noite tem uma missa especial para os membros da comunidade, onde tocam e encenam ao vivo o Presépio, representando o renascimento. Após a missa, as famílias normalmente voltam para casa e abrem os primeiros pandoro ou panetone (doce tradicional da Itália) e se divertem com taças de Prosecco no momento que trocam os presentes de Natal. No dia 25 de Dezembro quem não foi na missa da meia noite, vai na missa pela manhã e depois as famílias se reencontram para um grande almoço. Cada região da Itália tem algo especial para oferecer. Normalmente todos começam com uma entradinha (com carne e peixe), depois o primeiro prato, seguido pelo segundo prato (geralmente de carne) e acaba com sobremesas e outro panetone ou pandoro. Toda a refeição é normalmente acompanhada de muito vinho! Natal continua sendo um dos melhores momentos do ano para mim e eu sou muito orgulhosa das nossas tradições.


3
Bruxa Befana entregando os presentes de Natal e burro de Santa Lúcia

Portugal por Ariane Pereira (Brasileira residente em Porto)

Portugal é um país que valoriza as tradições e isso também inclui as comemorações de Natal (que podem variar um pouco conforme a região). É uma festa familiar com muita celebração e o inverno ajuda a “criar” o clima de aconchego. Cantares de Natal nas ruas, concertos, celebrações, decorações natalinas nas ruas, árvore de natal e presépio são tradições mais fortes nos lares católicos. E claro, muita gastronomia!  A comemoração começa desde a véspera de Natal com a reunião da família e amigos, a seguir há a ceia e a comemoração continua no almoço do dia 25. Bolo Rei, bacalhau, “Farrapo Velho”, Peru e vinho não faltam. E há também quem coma polvo na ceia. Uma variedade de sobremesas: filhoses, azevias, sonhos, coscorões, broas (de milho, de mel e outras), rabanadas (com vinho do porto), enfim, há opções para todos os gostos! À meia noite há o momento das prendas e abraços.  Sendo que há famílias que vão à Missa do Galo e outras que vão a cultos de celebração do nascimento de Cristo. Enfim, é uma gostosa época para estar com quem amamos!

5
Bolo Rei

Índia por Arkay (Indiano residente em Londres)

Minhas lembranças de infância do Natal na Índia, são com as canções natalinas, bolos e doces. O feriado contribui também para a diversão. Lembro-me de grupos de pessoas andando, cantando canções de Natal visitando casas por casas. Sei da missa a meia-noite, podendo ouvir os sinos das igrejas. Lembro-me de ver algumas crianças vestidas como fadas para participar dessas missas. Tudo muito festivo, cheio de otimismo e amor ao redor.

6
Natal na Índia

Inglaterra por Gabi Santos (Brasileira residente em Londres)

1) O Natal é celebrado no almoço do dia 25 (não na véspera como fazemos no Brasil), o almoço é mais tarde – tipo 3hrs da tarde. Acordamos mais tarde como um domingo;

2) Abrimos as “stockings” (meias) colocamos ao lado da cama mas acredito que a tradição seja na lareira – são presentinhos pequenos (chocolates/doces, pequenos mimos) colocados em uma meia grande. Sempre tem tangerina e uva passa na stockings ou algo relacionado à ouro e fortuna;

3) Os presentes ficam embaixo da arvore de Natal e dependendo da família pode-se abrir antes do almoço ou depois. Nós abrimos os nossos antes de ir ver a família do Grant (meu esposo) e lá trocamos presentes depois do almoço;

4) No almoço de Natal sempre tem as “crackers” que são longas e pequenas caixas para serem puxadas com o seu vizinho na mesa – puxamos todos ao mesmo tempo antes do almoço e sempre tem um presente em cada uma, assim como uma piada e uma coroa de papel;

5) O almoço normalmente tem 3 pratos (entrada, prato principal e sobremesa) e após o almoço normalmente tem uns jogos ou brincadeiras;

6) Boxing Day – dia 26 é feriado e muita gente vai para outra casa de família/amigos para comer outro banquete! A ideia é que sejam as sobras do dia de Natal, mas normalmente é tão grande quanto almoço de Natal, porém menos formal!

7
Crackers e Stockings (meias)

Israel por Kelly Garcia (Brasileira residente em Be’er Sheva)

Aqui em Israel por ser um país judeu não se comemora o Natal como muitos países e a população católica é muito pequena. Porém nesta data comemoramos o Chanukah (festa das luzes) entre orações e comidas acendemos a Chanukia (uma espécie de candelabro). Começa dia 25 de dezembro e termina dia 02 de janeiro.  São oito velas e uma vela principal (Shamash) que é utilizada para acender as demais, ou seja, é uma festa que dura 8 dias e cada dia se acende uma vela com a vela principal. Em Israel a Chanukia é também colocada acesa próxima a janela das casas para identificar a casa de um judeu. Tem uma cidade no norte do país chamada Haifa, lá eles montam árvore de Natal por que a população católica é um pouco maior.

9
Os candelabros nas ruas das cidades – também são acesos durante a Chanukah

ANO NOVO

Brasil por Camila Moraes (Residente em Belo Horizonte/MG)

Comemorar o Ano Novo significa curtir uma noite (as vezes um dia inteiro) com a família, amigos, fartura na ceia, se vestir de branco e dar muitas risadas, certo? Certo! Considerando as festas de fim de ano, para muitos, a noite de Ano Novo é mais aguardada que a noite de Natal devido a informalidade do evento. Normalmente as famílias brasileiras celebram o Ano Novo com um grande número de parentes e amigos, diferente do Natal que costuma ser um momento mais família. Assim como a maioria dos países de tradição ocidental, o Ano Novo brasileiro é comemorado no dia 1º de janeiro iniciando a festa na noite do dia 31 de dezembro.

O mais comum durante a comemoração é o show de fogos de artifício. Não importa a cidade brasileira que você mora, sempre terá um show elaborado pela prefeitura/governo ou até mesmo pelas famílias e vizinhanças em várias partes da cidade. Para quem vive no litoral, a festa nas praias são as mais aguardadas e as mais belas pela duração e criatividade do espetáculo.

No Brasil existem várias tradições herdadas de religiões africanas e afro-brasileiras. O culto à Iemanjá (divindade das águas doces e salgadas), mais comum no litoral brasileiro, tendo oferendas ao mar, é praticado até mesmo por pessoas que não fazem parte destas religiões.

Aguardamos até a meia-noite do dia 1º de Janeiro para iniciar o momento de abraços e boas vibrações a todos a nossa volta. O momento da troca de ano significa em geral, renovação e planejamento. Por isso, existem várias as simpatias e superstições durante a virada de ano, como: presentes para Iemanjá (atrair a sorte), comer lentilhas (atrair fartura) e a mais clássica das superstições, usar roupa branca (atrair paz). Claro que tudo isso são simbolismos, mas presente na virada do ano dos brasileiros.

11
Queima de fogos em Copacabana (Rio de Janeiro)

França por Lise Guernevé, Paris

Na França, famílias e amigos se reúnem para um grande jantar. Conversamos e desfrutamos do jantar com todo mundo. Também assistimos alguns shows de humor ou apresentações na TV. Quando dá meia-noite todos se beijam e desejam Feliz Ano Novo. E a noite toda ficamos juntos, conversando, rindo e dançando 🙂

Inglaterra por Nicky Woodward, Nottingham

No Inglaterra celebramos o Ano Novo com uma festa quando chegamos perto da meia-noite. Ouvimos o rádio ou ligamos a TV para ouvir o Big Ben tocar. Nós também soltamos fogos de artifício, abraçamos e beijamos uns aos outros. Algumas pessoas cantam uma canção chamada “Auld Lang Syne“, que é um poema escrito pelo poeta escocês Robert Burns.

Equador por Veronica Zambrano, Quito

À meia-noite de 31 de dezembro as pessoas no Equador queimam o “Ano Viejo“. O Ano Viejo é representado por um boneco (feito com papel e roupas velhas) com isso queimamos as coisas negativas ou momentos que tivemos no último ano. Também desejamos que o Ano Novo traga um novo começo e coisas boas. Como parte desta tradição, durante o dia de 31 de dezembro, os homens usam roupas femininas e assumem o papel de esposas do Ano Viejo ao andar nas ruas, dançando e dizendo “adeus ao velho”. Eles também pedem dinheiro para comprar cervejas para se divertirem com amigos e familiares.

11
Bonecos feito em casa

Por Elia Polenghi Itália, Veneza

Então, o que dizer para tradições de ano novo na Itália? Não fazemos algo especial. Nós apenas juntamos os amigos e família para um enorme jantar enquanto esperamos a meia-noite. Comemos pés de porcos recheados com lentilhas.  Dizem que essas coisas podem trazer dinheiro durante o ano. Algumas pessoas usam roupas íntimas vermelhas. Normalmente as pessoas se embebedam e à meia-noite soltam fogos de artifício. Dizem que em Nápoles (sul da Itália), especialmente no passado, as pessoas costumavam jogar para fora das janelas antigas louças, como uma mudança de atitude. Mudar os pratos = mudar a vida no ano seguinte.

Japão por Azumi Nakamura, Osaka

Passamos o dia do Ano Novo com a família e amigos.  Comemos um almoço especial chamado “Osechi”. Vamos ao templo e desejamos um bom ano. Algumas pessoas usam quimono, mas não é comum. E temos uma carta que chamamos de “Nengajyo“, um cartão que entregamos para as pessoas.

15
Osechi (almoço especial) e Nengajyo (cartões)

Israel por Kelly Garcia (Brasileira residente em Be’er Sheva)

Em 31/12 não vemos toda a festa que estamos acostumados no Brasil, aqui em Israel só comemora esta data os imigrantes latinos, russos e alguns brasileiros não judeus, no mais, essa data passa totalmente despercebida pela maioria.

Nosso ano novo começa em setembro, o rosh shana (ano novo judaico). Geralmente acontece entre dias 19/20 de setembro e temos uma semana de festa. Judeus oram muito e comem muito. Dois dias antes do rosh shana, em todas as sinagogas tem muitas orações, pedidos de perdão e renovação dos votos com Deus para o ano que se inicia. Isso é muuuuiiito sério. É impressionante como o povo aqui segue isso. Na  véspera do Ano Novo tem a seudar que é uma ceia muito farta. Entre as comidas, destacam-se:

  • Chalá: um pão redondo que significa um novo ciclo;
  • Maçã com mel: desejando um ano muito doce;
  • A cabeça e o rabo do peixe: Numa oração diz “que este novo ano você seja a cabeça e não o rabo”.

Tudo é muito simbólico mas bem tradicional.

Temos dois dias de folga no país onde nada funciona, nem os ônibus e as crianças possuem uma semana sem aula.


Version in English

Christmas and New Year: Our friends tell us about the end of the year traditions in different parts of the world

We are in the last month of the year and we are only a few days of 2017, time to fraternize with the family and renew our hopes for next year. We decided to gather friends around the world to make a special post for the end of the year.

CHRISTMAS

Brazil by Mariana Piana (Brazilian resident in Campinas, São Paulo)

We will start talking about the traditions of our country Brazil. Because it is a large country with diverse migratory origins, traditions can change from region to region. But some are common for everybody, such as:

1) Decorations and lights. Before December, houses and buildings are decorated with Christmas lights, making the city more vibrant. We love to set up the Christmas tree and decorate the house with Christmas stuffs. Some families also set up Jesus crib (parents, shepherds and animals). Everything is so cute!

2) Santa Claus: In December, you can easily find Santa Claus through the city and especially inside shopping malls, that it always show us a great decoration. Kids love to get to know Santa Claus, they ask for gifts and take pictures.

3) Mass: Some people go to Mass on Christmas evening (24th), participating before or after Christmas dinner with family members. Other choose to go to mass on December, 25th.

4) Christmas dinner: Some people make regimen before Christmas and the justification is quite consistent: Christmas dinner is amazing! The traditional Brazilian dinner happen on the night December, 24th (before or after midnight, it depends from each family), the table decoration is always beautiful and can not miss in the menu: turkey, tender (a kind of Brazilian ham), farofa, salpicão, greek rice, french toast, many fruits and panettone (From Italy but well accepted in Brazil). On December, 25th the families are gathered again, this time for lunch.

5) The gifts: Malls are crowded at this time of year. People want to thank and share love and gifts are ways to show this affection. Families leave the gifts under the Christmas tree and deliver them on the night of December 24th (some families it happens on the morning of 25th). Some families also choose to play a game called “Secret Friend (some countries known as Kriss Kringle, Secret Santa, Christmas Santa etc)”: Family members raffle names and then give gifts to these secret friends. At last, it is a time of much fraternization, affection and renovation. I especially love Christmas!

France by Ana Paula Fauth (Brazilian resident in Paris)

1) Everything starts on December 1st with the Calendrier de l’avant. It is a calendar created for children in general to celebrate 24 days before Christmas, waiting for the arrival of Santa Claus. Everyday we open a window on that calendar and you find a chocolate or a little game to do. It is a count for Christmas and to celebrate Jesus birth;

2) The gifts: some families open the gifts on December 24th and some families open on December 25th;

3) Gastronomy: It is a strong point in France and end of the year parties. Every French has the most delicious things on the table in Christmas and New Year (people buy products that they like more with good quality to celebrate these parties). Among them are stuffed turkey, Fois Gras, oysters, many seafood, Caviar, a la bouche (kind of stuffed and creamy cake) besides Champagne and wines.

4) Curiosities: Jews and Muslims that living in France celebrate Christmas as Christians;

5) During the period before Christmas, shop windows are the great attractions for adults and children. The most famous is the Lafayette Galleries that each year have been overcome by their great creativity and bring to the country and to the world the magical climate of Christmas.

1
Calendrier de l’avant

Sweden by Aline Pickler (Brazilian resident in Stockholm)

In Stockholm is common to see the Christmas decoration on the windows of the houses. Swedes usually decorate them with lanterns in the form of stars or candles. In one of the oldest malls (Nordiska Kompaniet) of the city, they prepare special Christmas shop windows that become tourist attraction. In the open-air museum (Skansen) there is a small Christmas fair and a large tree surrounded by people dancing traditional songs. Special foods for this time of year are: Pepparkakor (cinnamon biscuit with ginger), Saffransbullar (saffron bread) and Glögg (hot wine, similar quentão). They match perfectly with the winter and they are delicious. Christmas atmosphere here is very cozy and inviting, there are some cultural events in the opera, coffee  shops, parks and streets.

2
Saffransbullar

Italy by Michela Calufetti (Italian resident in London)

Natale (Christmas) in Italy is one of the many other occasion we have to gat the family together around a large table. We eat, drink, talk and play throughout the whole day (and night). Our Christmas period starts on the 9th of December (Mother Mary’s days) when traditionally the families decorate a Christmas three and set up their presepio. Presepio is a tradition born in the south of our country. We are trying to represent the nativity through statues. The thing has gone that far then in more or less each village/town there is a competition for the best presepio of the year. In Italy is not just Santa Claus bringing presents! We also have S. Lucia on the night of the 13th of December (a blind female saint walking around the world with her donkey to bring present to the kids), and, at the end of the Christmas period, on the night of the 6th of January, we have la Befana (a which flying around the world on top of her broom) to bring the last Christmas sweets to the kids.

On the night of the 24th families have a rather small meal based on fish (not meat) and after the meal they go to the midnight mass made special thanks to members of the community that play a “live presepio” and dress up and act to represent the nativity. After the mass families normally go home and open their first pandoro or panettone (a traditional Christmas sweet) and enjoy it with a glass of chilled Prosecco while sharing the Christmas presents. On December 25th, who did not attend the midnight mass they will go to the church in the morning and afterwards gather with family for the big lunch. Every region has something special to offer. But normally we all go through an antipasto with meat and fish, a first course, two types of second course (meat based normally) and conclude with the desserts and another panettone or pandoro. The whole meal is normally accompanied by lots of wine. Christmas is still one of the best time of the year for me and I am proud of our traditions!

3
Whitch Befana delivering Christmas gifts and St Lucia’s donkey

 

Portugal by Ariane Pereira (Brazilian resident in Porto)

Portugal is a country that values traditions, and it also includes Christmas celebrations (that can vary according the region). It is a family party with much celebration and the winter helps to “create” the climate of cosiness. Christmas songs in the streets, concerts, celebrations, Christmas decorations on the streets, Christmas tree, and the crib is a stronger tradition in Catholic homes. And of course, a lot of gastronomy! The celebration starts on Christmas Eve with family and friends reunion, in the sequence there is the supper and the celebration continues at the lunch on December 25th. Bolo Rei, Codfish, “Farrapo Velho”, turkey, wine never miss. And there are also who eat octopus at supper. Variety of desserts: filhoses, azevias, sonhos, coscorões, broas (corn, honey and other), French toast (with port wine), there are options for all tastes! At midnight is the moment for gifts and hugs. There are families that go to mass and other go to cults of celebration of Christ birth. Anyway, it’s a lovely time to be with who we love!

5
Bolo Rei

India by Arkay (Indian living in London)

My childhood memory of Christmas in India is about Christmas Carol and Cakes. It is also a public holiday so adds to the fun. I remember groups of people going around singing Christmas carols from one place to another person’s home. I know of midnight mass in the church and you can hear the church bell ring at midnights. I remember seeing some kids dressed up as fairies going to attend the mass. I also associate social Christmas cakes during Christmas time. All in all is sombre and festive filled time with optimism and love around.

6
Christmas in India

England by Gabi Santos (Brazilian resident in London)

1) Christmas is celebrated at lunch on December 25th (not on Christmas Eve as we do in Brazil), lunch is later – like 3:00 pm. We woke up later as a Sunday;

2) We open the “stockings” – we put this next to the bed but I believe the tradition is on the fireplace – that are small gifts (chocolates/sweets, small things) placed in a stocking. Always we put tangerine and raisin in the stockings, things related to gold and fortune;

3) Gifts are under the Christmas tree and depending on the family, can be opened before or after Christmas lunch. We open our gifts before going to see Grant’s family (my husband), and there we exchanged gifts after lunch;

4) At Christmas lunch there are always “crackers” – long and small boxes to be pulled with your neighbor at the table – we pull all at the same time, before lunch and always have a gift in each one: a joke and a paper crown;

5) Lunch usually has 3 types of dishes (starter, main dish and dessert) and after lunch usually we have games or jokes;

6) Boxing Day – December 26th is a holiday and many people go to another family home/friends to eat another feast! The idea is to eat the leftovers from Christmas Day, but it is usually as big as Christmas lunch, but less formal!

7
Crackers and stockings

Israel by Kelly Garcia (Brazilian resident in Be’er Sheva)

As Israel is a Jewish country, Christmas is not celebrated like many countries and the Catholic population is very small. But on this date, we celebrate the Chanukah (feast of lights) between prayers and food we light Chanukia (a kind of candlestick). It starts on December 25th and ends on January 2nd. There are eight candles and a main candle (Shamash) that is used to light the other, in other words, it is a celebration that lasts 8 days and each day we light up a candle with the main candle. In Israel, the Chanukia is also placed lit near the window of the houses to identify a Jew’s house. There is a city in the north of the country called Haifa, there, they set up Christmas tree because the Catholic population is a little bigger.

9
Chandeliers on city streets – they are also lit during Chanukah

NEW YEAR

Brazil by Camila Moraes (Resident in Belo Horizonte, Minas Gerais)

Celebrate the New Year means enjoy a night (sometimes a whole day) with family, friends, plenty of supper, dress up white clothes and laugh a lot, right? Right! Considering December parties, for many people, New Year’s night is more awaited than Christmas night due to the informality of the this event. Usually Brazilian celebrate the New Year with many family members and friends, different from Christmas that is usually a family moment. Like most countries of Western tradition, the Brazilian New Year is celebrated on January 1st, starting the party on the night of December 31th.

The most common during the celebration is the fireworks show. No matter what Brazilian city you live, there will always have a show prepared by the city hall / government or even by families and neighborhoods in various parts of the city. For people that live on the coast, the party on the beaches are the most awaited and the most beautiful for the duration and creativity of the show.

In Brazil, there are several traditions inherited from African and Afro-Brazilian religions. The Iemanjá’s worship (divinity of rivers and seas), is more common in the Brazilian coast, having offerings to the sea, is practiced even by people who are not part of these religions.

We wait until midnight on December 31th to start the moment of hugs and good vibes to all around us. The timing of the year change generally means renewal and planning. Therefore, there are many sympathies and superstitions during the turn of the year, such as gifts for Iemanjá (attracting luck), eating lentils (attracting plenty) and the most classic of superstitions, wearing white clothes (attracting peace). Of course, all these are symbolisms, but present at Brazilians New Year.

11
Fireworks in Copacabana (Rio de Janeiro)

 

France by Lise Guernevé, Paris

In France, family and friends are reunited for a big dinner. We talk, enjoy dinner with other. We also watch TV, kind of laughing show or performance show. When it is midnight everybody kisses other and wish Happy New Year. And all the night, we stay together, talking, laughing and dancing 🙂

England by Nicky Woodward, Nottingham

In the UK, we tradionally celebrate New Year with a party in the evening and then when it gets close to midnight, we either listen to the radio or turn on the TV to listen to Big Ben chiming. We also set off fireworks and people hug and kiss each other. Some people sing a song called “Auld Lang Syne” which is a poem written by the Scottish poet Robert Burns.

 

Ecuador by Veronica Zambrano, Quito

At midnight on December 31th people in Ecuador burn the “Año Viejo”. The Año Viejo is represented as a doll (made with paper and old clothes) with this, we burn negative things or moments that we had in the last year. We also wish the New Year brings a new beginning and good things. As part of this tradition, during the day of December 31th men wear women clothes and assume the role of wives of the Año Viejo while walking on the streets, dancing and saying “bye to the viejo”. They also ask for money. It will be use to buy beers and have fun with friends and family.

11
Dolls made at home

 

Italy by Elia Polenghi, Venice

So, what about traditions for New Year in Italy? We don’t use to do something special. We just meet friends and family and we have a huge dinner while waiting midnight. And at midnight we use to eat stuffed pigs foot with lentils. People say these things can bring money during new year, like a fortune gesture. Some people wear red underwear. Often people get drunk at midnight and they do fireworks. They said that in Naples (south of Italy) people, specially in the past, used to throw out of the windows old dishes. It looks like a changing attitude. Change dishes = change life in the following year.

 Japan by Azumi Nakamura, Osaka

We spend New Year day with family and friends. And we eat special lunch called “Osechi”. We go to temple and we wish good year. Some people wear “kimono” but it is not common. And we have a letter that we call “Nengajyo”, a card that we give to people.

15
Osechi and Nengajyo

 

Israel by Kelly Garcia (Brazilian resident in Be’er Sheva)

On December, 31th we do not see the whole party that we are accustomed in Brazil, here in Israel only celebrates this date Latin immigrants, Russians and some non-Jewish Brazilians, in generally, this date goes totally unnoticed by the majority.

Our New Year begins in September, the rosh shana (Jewish New Year). Usually it happens between September 19th / 20th and we have one week of celebrations. Jews pray a lot and eat a lot. Two days before rosh shana, inside all the synagogues there are many prayers, requests for forgiveness and renewal of vows with God for the following year. This is veeeery serious. It’s amazing how people here follow this. On New Year’s Eve, it is a very supper. Among the foods, stand out:

  • Chala: a round loaf meaning a new cycle;
  • Apple with honey: wishing a very sweet year;
  • The head and tail of the fish: In a prayer, it says “that in this new year you be the head and not the tail”.

Everything is very symbolic but very traditional.

We have two days off in the country where nothing works, even buses and children have one week without class.

Anúncios

Deixe sugestões e/ou comentários :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s